Prece para nossos pais, parentes e amigos

Ó grande e compassivo Buda!
Há um conto que diz:
“Árvores anseiam por estabilidade,
Mas mesmo assim, ventos cruéis sopram sem cessar;
Filhos anseiam por dar apoio aos pais,
E, no entanto, eles já não estão mais aqui.”

Das pessoas mais antigas de minha família,
Algumas já partiram deste mundo e
Algumas ainda têm saúde perfeita;
No entanto, nos sentimos envergonhados e arrependidos,
Por não oferecermos a elas devoção e apoio suficientes,
E por não retribuirmos tudo o que recebemos.

Ó grande e compassivo Buda!
Desde que saímos do útero,
Nossos pais nos criaram e nos educaram,
Nossos parentes nos apoiaram;
Recebemos tanto de todos eles
E raramente retribuímos sua generosidade.
Quando chorosos, nos alegravam;
Quando desapontados, nos encorajavam;
Quando necessitados, nos atendiam;
Mesmo com dificuldades, nos confortavam.
Eles nos deram tantas provas de amor e bondade,
Eles nos deram tanto carinho e consideração,
E, mesmo assim, mal os retribuímos.
Nossos pais, em especial,
Nos ensinaram e nos aconselharam com paciência,
Nos educaram mesmo nos tempos difíceis.
Até mesmo corvos e ovelhas sabem como retribuir a seus pais;
Será que não somos tão bons quanto eles
Ao mostrar nosso amor filial aos nossos pais?

Ó Buda!
Certa vez, carregastes o caixão de teu pai,
E viajastes para longe com objetivo de ensinar o Darma à tua mãe.
Como teus discípulos,
Nós nos arrependemos de não seguir teus ensinamentos e conselhos.
Por favor, nos concede fé e coragem!
Queremos honrar nossos antepassados, já falecidos,
Queremos guiar nossos parentes que ainda vivem;
Por favor, abençoa e proteje nossos pais e parentes;
Que eles possam ter felicidade, longevidade, boa saúde e paz,
E que possam ser confiantes e calmos.
Se tivermos honra, queremos dividi-la com todos eles;
Se tivermos riqueza, também queremos que a eles nada falte.

Buda, rezamos a ti:
Permite-nos retribuir
A nossos parentes, ainda nesta vida;
Permite que a sincera gratidão aflore em nosso coração
Para que a ofereçamos a nossos antepassados.

Ó grande e compassivo Buda!
Nossos ancestrais virtuosos eram tão gratos
Que retribuíram o favor de meras gotas de água
Com uma torrencial chuva de verão;
Tudo o que temos nesta vida
Vieram de nossos pais, parentes e amigos.
Assim, rezamos a ti ainda mais:
Permite-nos suportar o peso e o sofrimento de nossos pais, parentes e amigos,
De forma a libertá-los de toda a dor.

Ó grande e compassivo Buda!
Por favor, atende o sincero e humilde pedido de teu discípulo!
Ó grande e compassivo Buda!
Por favor, atende o sincero e humilde pedido de teu discípulo!

normalcase b04s bsd fwR tsN left show|tsN left fwR b02s uppercase show bsd|left fwR tsN show normalcase|||image-wrap|news c05 b01 bsd|uppercase c05 b01 bsd fwR|b01 c05 bsd uppercase|login news uppercase b01 bsd fwR c15|tsN uppercase c05|normalcase uppercase c05|content-inner||